in

Apoiadores de Bolsonaro comemoram morte de Paulo Henrique Amorim; confira os comentários

Reprodução: República de Curitiba

Posteriormente à veiculação de notícias informando acerca da morte do jornalista Paulo Henrique Amorim, de 77 anos, as reações de alguns apoiadores do presidente Bolsonaro chamaram atenção. Nesse sentido, volta-se o olhar para inúmeros comentários proferidos por alguns indivíduos, em um tom irônico sobre o falecimento do funcionário da RecordTV. Apesar de injustificáveis, necessário que se destaque alguns dos possíveis fatos responsáveis por motivarem esse tipo de atitude.

Publicidade

Paulo Henrique Amorim, mesmo tendo sido afastado da emissora em que trabalhava, não deixava latente o gosto por informar, fazendo uso de seu blog Conversa Afiada para discutir temas de relevância nacional. Sendo assim, é válido ressaltar que o jornalista tinha como pauta diversos assuntos, principalmente os relacionados ao novo governo, tecendo críticas à reforma da Previdência, ao atual ministro da Justiça, Sérgio Moro e ao governador de São Paulo, João Doria.

Além disso, recentemente, Paulo publicou um vídeo polêmico em seu Instagram, ao fazer um questionamento sobre qual seria o verdadeiro time de coração do presidente, alguns internautas interpretaram o teor de seus dizeres como uma suposta ameaça de morte ao próprio Bolsonaro. Tendo esse fato gerado indignação por parte de apoiadores do atual governo, a título de exemplo, pode ser citado o deputado federal Otoni de Paula Júnior, que criticou o conteúdo compartilhado pelo jornalista e o acionou judicialmente.

Publicidade

Outro fator que pode ter motivado os comentários maldosos dos apoiadores de Bolsonaro, diz respeito à opinião política de Paulo Henrique Amorim. Sob essa ótica, destaca-se o notável apoio ao ex-presidente Lula e ao PT, bem como o auxílio na popularização do termo PIG – Partido da Imprensa Golpista – utilizado pelo jornalista para caracterizar a mídia que arquitetava um golpe político contra o governo petista.

Publicidade

Elucidados alguns dos possíveis motivos que levaram aos comentários maldosos sobre a morte de Paulo Henrique Amorim, não se pode deixar de mencionar a figura do jornalista. Desse modo, informa-se que teve passagens pelas principais emissoras do país, como a Rede Globo, Bandeirantes, Cultura e Record, em que desempenhou seu último papel sendo âncora do Domingo Espetacular por mais de 13 anos.

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade