in

José Abreu apela e faz ligação política entre Glória Perez e assassino de sua filha ‘Canalha’

Foto/Reprodução: Metrópoles

Na noite deste sábado, 6 de julho, duas figuras da mídia brasileira trocaram farpas nas redes sociais devido à divergências políticas. Tudo começou quando a autora Glória Perez fez citações sobre um perfil chamado “Pavão Misterioso”. O perfil está divulgando supostos prints envolvendo membros da esquerda e do jornalista Glenn Greenwald
.

Publicidade

Glenn acusa Sérgio Moro de fazer um conluio contra o ex-presidente Lula e exibe, constantemente, supostas mensagens atribuídas ao ex-juiz federal. Glória comemorou as postagens do ‘Pavão’ e José não gostou. Em uma publicação, ele cita o assassino da filha da atriz, Daniella Perez. Ela revidou e o chamou de “canalha”. 

Atacando um suposto apoio da autora Glória Perez ao atual presidente do Brasil, e ao Ministro da Justiça, Sérgio Moro, José de Abreu citou o assassino da filha da escritora, o ex-ator Guilherme de Pádua. 

Publicidade

“O Brasil está tão doido que vemos Guilherme de Padua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!”, disse o ator da TV Globo em sua rede social. 

Publicidade

Em seguida, a própria autora fez questão de responder o ator, alegando que não usaria a mesma tática dele, mas que o bloquearia em seu Twitter. “Você é muito canalha! Não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal. É Block e mais nada!”, escreveu Glória. 

Publicidade

A autora é uma das mais respeitadas da história e, talvez lembrando disso, Abreu decidiu se remedar e, também em um post no Twitter, ele pediu desculpas. O pedido de retratação do ator, famoso entre outros papéis pelo Nilo de Avenida Brasil, também foi feito no Twitter, como pode ser visto acima. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.