in

Na cadeia, Belo teria feito festinha com mulheres em sala secreta; e detalhes íntimos vem à tona

TV e Diversão / R7

O cantor Belo é um dos maiores músicos do país. Sua história, é claro, desperta o interesse de muitas pessoas e, por exatamente esses motivos, o jornalista Léo Dias garante que está escrevendo uma biografia não autorizada do atual companheiro de Gracyanne Barbosa.

Publicidade

O livro, que ainda não tem data para ser lançado, deve contar, inclusive, sobre o polêmico período em que Belo ficou na cadeia. Para quem não sabe, entre os anos de 2003 e 2007, o pagodeiro acabou sendo preso, após ser condenado por associação com o tráfico de drogas.

O cantor, de acordo com a apuração da Justiça, usava seus shows como forma de fazer uma lavagem de dinheiro com a grana que partia dos traficantes. Na época, ele negou essa associação, mas chegou a ficar foragido, até se entregar à polícia. 

Publicidade

Na cadeia, segundo o jornalista Léo Dias, o cantor recebia mulheres para festas privativas. Ele teria uma espécie de sala secreta os encontros especiais. A tal sala era caprichada nos detalhes e teria, até mesmo, um espelho no teto, a fim de dar para ver melhor o que acontecia com as meninas.

Publicidade

Segundo Léo Dias, a atriz Viviane Araújo foi em todas as visitas íntimas liberadas ao cantor, até ele a trair com uma mulher chamada Leia.
O colunista nega que a musa fitness Barbosa tenha sido amante do artista. 

Publicidade

Depois do romance com Leia, Belo começou a se envolver com Gracyanne Barbosa, com quem está até hoje e que teria ido às visitas íntimas do cantor na reta final da prisão. Já o quarto reservado ao cantor não devia nada a uma suíte do comércio adulto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.