in

Ligações, sigilo e dispensa de socorro: reviravolta pode complicar Flordelis e filhos

Record TV

A morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal e pastora Flordelis, continua sendo investigada. Ele morreu na madrugada do dia 16 de junho e até agora ainda não definições sobre o crime.

Publicidade

A Polícia Civil tomou uma atitude, recentemente, que pode complicar a vida de Flordelis e dos filhos investigados. Foi solicitado junto aos bombeiros o horário em que houve o primeiro contato solicitando socorro.

Anderson do Carmo foi morto na garagem de casa, em Niterói. Um filho do casal confessou ter atirado no pastor. A informação das ligações já foi repassada à Polícia Civil. O Corpo de Bombeiros não pode comentar sobre o caso, porque corre em segredo de justiça.

Publicidade

Os bombeiros negam que tenha havido demora no socorro. Segundo a corporação, a família dispensou o socorro quando homens do Corpo de Bombeiros estavam a caminho do atendimento da ocorrência.

Publicidade

O pastor acabou sendo levado ao hospital pelos próprios filhos. A retirada de Anderson do Carmo ocorreu 25 minutos depois de ele ter levado 32 tiros. O inquérito aponta que ele já estava morto quando foi socorrido.

Publicidade

Flavio dos Santos, o filho que confessou ter dado os tiros no pai, foi quem o socorreu e dirigiu o carro até o hospital. As investigações continuam e a polícia quer colocar no lugar todas as peças que ainda não se encaixaram para prender todos os responsáveis pela morte do pastor.
Estas novas informações podem complicar Flordelis e os filhos.

Ele e Flordelis tinham 55 filhos, destes 51 eram adotados. A morte de Anderson do Carmo foi um choque para a cidade de Niterói e para o movimento evangélico no Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!