in

Conheça 7 clipes empoderadores que toda mulher deveria assistir

Reprodução: Movie 3 Filmes/Midas Music

Ainda há muito o que se melhorar no mundo quando se fala em equidade de direitos, mas felizmente já existem motivos para se comemorar. Um deles é que a mulher tem conquistado o seu espaço e não se calado mais diante de injustiças, como o machismo e o assédio.

Publicidade

Algumas cantoras têm usado a sua influência para produzirem canções empoderadas que mostram que toda mulher, independentemente de sua cor, orientação sexual, idade ou classe social, merecem respeito.

Veja a lista de sete clipes que merecem espaço em sua playlist, pois possuem letras capazes de animar qualquer mulher.

Publicidade

Kell Smith – Respeita as Mina

O clipe conta com a participação da atriz Fabi Bang reproduzindo cenas que muita mulher passa todos os dias, como assédio no trabalho, na academia, no transporte público e na balada.

Publicidade

A letra deixa claro que uma mulher merece respeito para ir onde e como quiser e que dia 8 de março não é bem uma data para comemoração, mas para conscientização. O vídeo ainda conta com a participação de Astrid Fontenelle, Luiza Brunet e Luiza Possi.

Publicidade

Iza – Dona de Mim

A cantora Iza lançou em setembro de 2018 a canção Dona de Mim com um clipe empoderado que mostra mulheres em diferentes situações. A letra fala de uma mulher que cansou de ser moldada ou calada pelos outros e que agora quer falar o que e quando quer, bem como não se interessa por qualquer tipo de conversa.

Sandy e Iza – Eu Só Preciso Ser

A canção foi escrita por Sandy Leah e Lucas Lima e se trata de uma música que fala de uma mulher que não precisa, nem quer agradar ninguém. Ela é diferente e não está atrás de atenção. O ritmo da canção tem uma batida de jazz que na junção das vozes dessas duas grandes cantoras brasileiras, vai te surpreender.

Luísa Sonza – Nunca foi Sorte

Logo quando essa música foi lançada, em dezembro de 2018, muita gente não entendeu parte da letra e acabou criticando a cantora. O motivo é que em determinada parte da canção, Luísa diz que não quer cumplicidade, mas sim respeito, e que a porta do carro não precisa abrir pra ela.

A música é contra o machismo e nessa parte a cantora se referia aos homens que fingem serem cavalheiros em público, mas longe dos olhos alheios agem bem diferente, desrespeitando suas respectivas parceiras, seja com traições, palavras duras ou agressões.

DONAS e Alice Caymmi – Bonita

A canção nunca ganhou um clipe oficial com as meninas da banda DONA e Alice Caymmi, mas a produção acima mostra cenas de mulheres de diferentes belezas e idades.

A letra fala exatamente do quanto uma mulher pode ser bonita com o seu corpo, cor, cabelo, orientação sexual ou história de vida, independentemente do que a publicidade ou a sociedade costuma dizer. Vale a pena prestar atenção nessa letra.

Marina Peralta – Ela Encanta

Neste vídeo, a cantora Marina Peralta mostra com bastante simplicidade que uma mulher é muito mais que um corpo, pois conquistou o seu espaço e decidiu que o seu lugar, é onde ela quiser.

Samba Que Elas Querem – Nós Somos Mulheres

Essa canção é uma paródia de Doralyce Gonzaga e Silvia Duffrayer, da música Mulheres, escrita por Toninho Garraes e gravada por Martinho da Vila.

Essa música foi apresentada em um evento que ocorreu no final de 2018, no Rio de Janeiro, e fala do quanto uma mulher não tem a obrigação de ser a projeção dos objetivos de alguém que quer moldar o ser humano perfeito. Além disso cita algumas mulheres guerreiras, como Marielle Franco, vereadora assassinada no ano passado no Rio de Janeiro.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades