in

Após vídeo de filha sendo morta, em choque, mãe pede justiça: ‘Que apodreçam na cadeia’

Reprodução: RIC MAIS

O assassinato de Raissa Sortero Rezende teve grande repercussão em todo o país. Nas imagens, duas jovens agridem até a morte Raíssa, que falece em uma praia de Pernambuco. As duas adolescentes, que tem 15 anos, sequer foram embora do local e a dupla foi apreendida pela polícia ainda na praia da Farinha, onde o crime ocorreu. 

Publicidade

Por serem menores de idade, as duas jovens apenas podem ficar apreendidas e vão passar por um centro socioeducativo. Uma das assassinas de Raíssa, inclusive, já passou por esse tipo de entidade.

Nesta quinta-feira, 27 de junho, a mãe de Raíssa conversou com o jornalista Luiz Bacci, da Record TV. 

Publicidade

No Cidade Alerta, em choque, ela disse o que aconteceu com a filha e confirmou que uma das assassinas foi namorada de Raíssa. No entanto, a mãe diz que a família sempre viu com maus olhos a namorada da jovem. Raíssa chegou até a sair de casa para viver essa relação, mas depois acabou voltando. 

Publicidade

“A Raissa deu muito trabalho enquanto manteve relação com ela, mas após o fim do namoro a menina ‘se endireitou’“, conta. Há cerca de um mês Raissa iniciou namoro com um jovem de 23 anos. “Ela conheceu um rapaz trabalhador, que gostava dela. Eles estavam muito felizes”, revelou a mãe da criança. 

Publicidade

Em seguida, a mãe da jovem assassinada começou a chorar e fez um pedido importante para as autoridades brasileiras. “A única coisa que eu peço é que elas apodreçam na cadeia. Que elas passem muitos anos, e de lá vão para uma cadeia de maior. Isso não se faz com ninguém, é uma crueldade muito grande. Eu quero justiça, eu não aguento. Quero minha filha de volta”, explicou ela. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.