in

PM pede para usar farda durante pedido de casamento na Parada Gay e recebe resposta

Reprodução Instagram Leandro Prior / Divulgação PM

O soldado Leandro Prior tinha o sonho de pedir o namorado em casamento durante a Parada Gay, que será realizada em São Paulo, no domingo (23), usando a farda da Polícia Militar. Ele fez o pedido à corporação e ouviu a resposta.

Publicidade

A PM informou ao agente que o regulamento interno da instituição não permite o uso da farda por agentes que estejam de folga em manifestações como a Parada Gay. Por isso, o pedido foi negado.

Na noite de quarta-feira (19), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) emitiu uma nota informando que não faz distinção da pessoa por sua orientação sexual ou identidade de gênero. A corporação conta com mais de 80 mil policiais militares em São Paulo.

Publicidade

Leandro havia encaminhado uma carta à PM, na sexta-feira (14), pedindo autorização para usar o uniforme de trabalho para pedir o namorado, Elton, em casamento. A surpresa aconteceria durante a Parada Gay, na capital paulista.

Publicidade

Diante do não recebido da corporação, Leandro ainda não sabe o que fazer. Segundo seu advogado, Antonio Alexandre Dantas de Souza, ele está desanimado e triste com o ocorrido.

Publicidade

“Sentarei com ele agora. Vamos verificar o que é importante e o que pode ser feito legalmente”, comentou o advogado, que afirmou ainda que o pedido seria algo grandioso.

“Leandro tem orgulho de ser policial militar. Ele tem orgulho de ser quem ele é e de amar quem ele quiser”, finalizou o advogado, que afirmou que policiais heterossexuais pediram suas esposas em casamento usando o uniforme da PM.

Leandro e Elton ficaram conhecidos em todo o Brasil depois que um vídeo deles se beijando em um trem do Metrô viralizou nas redes sociais, no ano passado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!