in

Lembra do homem que ateou fogo em criança no carro? O castigo dele foi doloroso

Ric Mais

No dia 9 de abril, a polícia do Paraná registrou uma queixa contra o jovem Danilo Geraldo Ferreira, de 28 anos de idade, que havia sido acusado de agressão, e tentativa de homicídio. Ele foi levado para a delegacia local após bater em sua ex-namorada, que estava grávida, e tentar matar a filha dela queimada.

Publicidade

De acordo com a polícia que estava cuidando do caso, o homem não aceitava o fim do relacionamento. Ele havia saído de carro com a ex-namorada e sua filha, a qual era fruto de outro relacionamento, e quando estavam voltando para a residência onde a jovem morava, Danilo começou a fazer ameaças utilizando uma arma de fogo à mulher na tentativa de reatar o relacionamento

A jovem saiu do veículo para pedir ajuda para uma pessoa que passava na rua. Em seguida, o homem jogou gasolina no carro, no qual estava a menina de 4 anos, e ateou fogo, fugindo após o ato. Felizmente, a mulher conseguiu retirar a filha a tempo com ajuda de uma pessoa.

Publicidade

Danilo acabou sendo capturado algumas horas depois e levado para a delegacia, onde confessou o crime e foi preso em seguida.

Publicidade

No último sábado (15/06), o jovem foi encontrado morto em sua cela, no Complexo Médico-Penal, que fica localizado na cidade de Pinhais, no estado do Paraná. Tudo que foi divulgado sobre a morte até o momento é que há sinais de enforcamento no corpo no presidiário.

Publicidade

A polícia responsável pelo complexo irá investigar o que pode ter motivado a morte de Danilo. Não foi informado se o rapaz estava com alguém no local onde foi morto. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn