in

Dois rivais tentam tirar Walter do Corinthians

Roberto Vinícius/Estadão Conteúdo

A diretoria do Corinthians já avisou que não pretende renovar o contrato do goleiro Walter. Embora tenha ficado por um longo período no banco de reservas, ele é muito querido pela torcida alvinegra, que até então concorda, em partes, com a saída do atleta, que tem potencial para ser titular.

Publicidade

O que impede a titularidade de Walter no Corinthians é o bom momento que o goleiro Cássio está vivendo, sendo convocado para defender a Seleção Brasileira na disputa da Copa América. Por esse motivo, Walter foi o titular do Timão nas duas últimas partidas do Brasileirão.

Por ser um bom goleiro, Walter já chamou atenção de clubes do futebol brasileiro logo quando o Corinthians anunciou que não renovaria o contrato. O primeiro deles foi o Fluminense, que até então busca por um nome de peso para a posição e dar mais opções para o técnico Fernando Diniz.

Publicidade

Outro clube que entrou na disputa pela contratação do goleiro foi o Ceará, que viu o titular Richard se lesionar e que só voltará a jogar na próxima temporada. Vale destacar que ambas as equipes são rivais do Corinthians na disputa do Campeonato Brasileiro deste ano.

Publicidade

Apesar do interesse das equipes, o Corinthians não pretende se desfazer de Walter neste segundo semestre. O vínculo contratual do goleiro com o Timão tem validade até o final da temporada e dificilmente ele reforçará outro time neste ano.

Publicidade

Em relação a não renovação de contrato entre Walter e Corinthians, ninguém se opôs à situação, ficando certo entre ambas as partes a liberação sem muitas burocracias. Sendo assim, o goleiro ficará livre no mercado em 2020 e poderá reforçar qualquer outra equipe.

Aos 31 anos, Walter atuou pelo Corinthians em 77 partidas, conquistando cinco títulos. Números considerados bons quando se trata de um goleiro reserva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.