Najila contou que tem dívidas altas e disse se quer dinheiro de Neymar

PUBLICIDADE

A modelo brasileira Najila Trindade Mendes Souza, de 26 anos, continua levando a diante o processo referente a um suposto estupro contra o craque do Paris Saint-Germain, Neymar Júnior. Ela deu entrevista ao apresentador do SBT Roberto Cabrini e revelou em detalhes como tudo teria acontecido no dia em que Neymar supostamente abusou dela.

PUBLICIDADE

Najila inicialmente confirmou que teria ido a Paris por vontade própria, com a intenção de ter relações íntimas com Neymar e em seguida voltar para casa. Ela disse que ele pagou suas despesas de hotel e passagens, já que ela teria dito que não tinha condições financeiras para fazer a viagem por conta própria.

Najila disse ainda que tudo estava correndo bem entre os dois até que uma conversa se transformou em agressão. A modelo teria perguntado a Neymar se ele tinha preservativo e afirmado que não poderia ter relações com ele sem proteção. Najila diz ainda que o craque teria ficado calado e continuado o ato íntimo, começando também uma agressão.

O pai do jogador falou em entrevista sobre o caso e relatou que os advogados que diziam estar representando Najila teriam tentado extorquir dinheiro do jogador, mas que os advogados do filho não aceitaram, preferindo ir adiante com o processo.

PUBLICIDADE

Na conversa com Cabrini, Najila contou que tinha dívidas de aluguel e outra no valor de R$ 4.000,00 do colégio. Apesar de mencionar os débitos, a modelo afirmou não ter conhecimento de extorsão contra Neymar e disse que não quer dinheiro, apenas justiça pelo trauma causado pelo craque.