in

Grande empresário brasileiro morre aos 63 anos, e causa da morte é um mistério

Reprodução / Info Cristão

O ano de 2019 está sendo marcado por muitas mortes. A cada semana, pessoas conhecidas partem e deixam famílias, amigos e fãs em luto. Nesta sexta-feira (24) pela manhã morreu um grande empresário brasileiro.

Publicidade

Trata-se de Antônio Pereira Lucena Neto, de 63 anos. Ele deixa esposa, três filhos e seis netos. Lucena Neto era um empresário bastante conceituado em todo o Brasil, mas ainda mais no estado de Pernambuco, onde construiu sua carreira.

Lucena Neto atuava nos setores de indústria têxtil, hotelaria, agricultura irrigada e empreendimentos imobiliários. Onde algo estava bem e rendendo lá estava o empresário desenvolvendo negócios e construindo, não só uma fortuna, mas a sua história. Ele parte, mas as empresas seguem funcionando normalmente.

Publicidade

Não se sabe o porquê, mas a família preferiu não revelar a causa da morte de Lucena Neto. No comunicado divulgado pelos filhos não consta o que causou a morte do empresário pernambucano. Nas redes sociais, alguns internautas estavam curiosos para saber o que aconteceu. Lucena Neto morre jovem, com apenas 63 anos.

Publicidade

“Nosso pai nos ensinou o segredo da felicidade. Sempre batalhador, persistente e cuidadoso, valores que ele defendeu por toda sua vida, até o fim…”, afirmou um dos três filhos de Lucena Neto.

Publicidade

O velório do corpo do empresário acontece neste sábado (25), a partir das 07h30, no cemitério de Santo Amaro, área central do Recife, capital de Pernambuco. Às 9h haverá uma missa de corpo presente e o sepultamento está marcado para as 10h. Apenas familiares e amigos mais próximos do empresário acompanharão a cerimônia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!