in

No dia em que STF criminalizou homofobia, Globo exibe beijo gay em rede nacional

Reprodução: TV Globo

No dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que homofobia passa a ser tratadA como crime, assim como racismo, a Globo exibiu, coincidentemente, um beijo gay entre dois atores na série Sob Pressão.

Publicidade

Após a exibição, o beijo entre Décio (Bruno Garcia) e Kléber (Kelner Macêdo) foi bastante comentado nas redes sociais e tornou-se um dos assuntos mais comentados do Twitter.

Bruno Garcia comentou sobre a cena em entrevista ao portal Gshow, da Globo. “Zero problema em dar um beijo na boca de outro homem, pelo contrário, é até um desafio dramatúrgico maravilhoso”, afirmou o ator.

Publicidade

Garcia também explicou que antes de a cena ir ao ar ele e Kelner conversaram sobre como seria apresentada ao público. “A gente está fazendo um seriado que é realista. Não tem discussão: ‘Vamos dar o beijo e é isso, vamos só cuidar para que a cena seja delicada e não pareça apelativa'”, justificou o ator.

Publicidade

Kelner afirmou que independente de orientação sexual, as pessoas devem ser livres para viver, desejar, ser e existir. Ele ressaltou que é importante ser bem resolvido com os próprios desejos.

Publicidade

Na trama, Kléber é paciente do médico Décio e o beijo expôs um conflito ético na relação médico-paciente. Na série, o beijo entre os dois aconteceu em frente ao Hospital São Tomé Apóstolo.

Nesta quinta-feira (23), a votação sobre criminalização da homofobia no STF atingiu maioria (seis votos) a favor. O resultado está definido, mas a votação foi suspensa e será retomada no dia 5 de junho. Nas redes sociais, a decisão do STF gerou bastante debate.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!