in

Live-action? Saiba o mistério sobre a produção de Caverna do Dragão

Fotomontagem: YouTube Renault / Rodrigo G

A onda dos live-actions – filmes com versões ‘reais’ de desenhos animados já consagrados pelo público – está tomando conta dos cinemas em 2019. Somente por parte da Disney, este ano, tivemos a estreia nas telonas de ‘Dumbo’ (em março), Alladin (nessa quinta-feira, 23), e previsão de ‘O Rei Leão’ para o mês de julho.

Publicidade

Além disso, a Turma da Mônica, do cartunista Maurício de Sousa, também vai ganhar um longa-metragem com atores de “carne e osso” no final de junho. No segundo semestre, entram para o time ‘Dora, a Aventureira’ e ‘Sonic’, este baseado no porco-espinho azul dos videogames.

E o desenho Caverna do Dragão? O famoso cartoon criado nos anos 80 e exibido no Brasil durante anos nas manhãs da TV Globo conquistou uma geração de fãs e seguidores. A saga conta a história de seis jovens que são levados a um mundo estranho e paralelo; e com armas mágicas precisam lutar contra monstros e feiticeiros na tentativa de regressar ao seu mundo de origem. Mas, nunca conseguem.

Publicidade

Porém, o desfecho dessa história parece ter acontecido – pelo menos, em uma versão brasileira – e divulgado em formato live-action, o que causou especulações nas últimas semanas sobre um possível longa-metragem. Enfim, o mistério acabou!

Publicidade

Longe de ser um filme, o fim da saga de Hank, Eric, Diana, Sheila, Presto e Bobby não leva mais do que dois minutos. Trata-se de uma propaganda para lançar o novo Kwid Outsider 2019, literalmente, o novo ‘carro-chefe’ da montadora francesa Renault. A campanha publicitária começou a ser exibida nesta quinta-feira, inclusive, no intervalo do Jornal Nacional, da TV Globo.

Publicidade

Criada pela agência DPZT, a campanha recria com detalhes e fidelidade o universo de ‘Caverna do Dragão’, como figurinos, personagens (detalhe para a semelhança com os atores), elementos virtuais (como a Uni, a unicórnio, o Mestre dos Magos, e o vilão Vingador), além da paisagem desoladora. Para isso, as gravações foram realizadas no deserto de Salta, na Argentina, e envolveram mais de 200 profissionais.

A verossimilhança foi tanta que a DPZT teve autorização direta da empresa detentora dos direitos autorais de ‘Caverna do Dragão’, a multinacional Hasbro, que aprovou o roteiro e a caracterização dos personagens.

Certamente, os fãs nostálgicos aprovaram essa recriação e se perguntam se haverá uma filmagem mais longa, talvez, o último episódio da saga. Com a palavra, o diretor de criação da DPZT, Rafael Urenha.

Mais do que uma campanha, é um presente para o público. Afinal, essa turma que cresceu assistindo ‘Caverna do Dragão’ é o público-alvo de vendas do Kwid. Se teremos um último episódio com 25 minutos ou até mesmo um longa? Só o tempo dirá“, declarou Urenha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Fabrício Veloso

Jornalista por formação e muita paixão, radialista, fã de boas histórias e de ótimos 'causos'.
Desde 2004, atuo nesse fascinante e desafiador mundo das notícias e da Comunicação.
Contato: fagvbh@gmail.com