in

Artista deixa fãs órfãos: ‘Com grande tristeza temos que anunciar a morte de nossa amada’

Fotomontagem: Cultura Mix/Carolina Mello

O ano de 2019 tem sido marcado por muitas perdas e tragédias. Muitas pessoas queridas já se foram de forma inesperada. Hoje (23), pela manhã, o portal de notícias G1 deu a triste notícia de que uma famosa escritora de livros infantis faleceu.

Publicidade

A editora HarperCollins anunciou que Judith Kerr faleceu aos 95 anos de idade. Ela é autora britânica de diversas obras, entre elas as mais conhecidas são “Tigre que veio para o chá” e “Quando Hitler roubou o coelho rosa”, um autobiográfico.

“Com grande tristeza temos que anunciar a morte de nossa amada autora e ilustradora, Judith Kerr”, anunciou a editora britânica no Twitter.

Publicidade

Charlie Redmayne, representante da editora HarperCollins, disse que ela era uma pessoa maravilhosa, discreta, engraçada, inspiradora e amava festas. Ela é descrita como uma brilhante contadora de histórias, uma artista talentosa, que deixou obras muito ricas para a cultura infanto-juvenil.

Publicidade

Judith também era ilustradora e vendeu milhões de cópias de suas obras. Ela nasceu em Berlim, no ano de 1923, fugindo da Alemanha nazista com a família em 1930. Seu pai também era escritor, um judeu chamado Alfred Kerr. Eles se refugiaram em Paris, mas se estabeleceram em Londres em 1936.

Publicidade

A editora informou que Judith faleceu na quarta-feira (22), em sua própria casa depois de uma breve doença, que não foi informada qual é. Ela trabalhou duro até os 90 anos de idade e, recentemente, disse em uma entrevista que o trabalho em sua velhice era inspirado em eventos de sua longa vida.

Após o anúncio de sua morte feito no Twitter, muitos seguidores e admiradores da talentosa escritora lamentaram a triste perda e ao mesmo tempo ficaram felizes de poderem prestigiar o belo trabalho de Judith enquanto esteve neste mundo.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por Carolina Mello

Amante das artes, leitura e escrita, resolvi fazer de um hobby uma profissão.