in

Agnaldo Timóteo sofre AVC e médico detalha possíveis danos cerebrais e sequelas

O Dia / Reprodução

Nesta terça-feira, 21 de maio, o cantor Agnaldo Timóteo confirmou por meio de um vídeo que sofreu o que chamou de “princípio de AVC”. Esse termo, no entanto, está incorreto, como explica o neurologista André Lima, diretor da clínica Neurovida.

Publicidade

Em entrevista ao jornal Extra, ele contou que o Acidente Vascular Cerebral que o cantor teve, na verdade, é uma  isquemia transitória. O profissional da música teve a reversão dos danos do AVC em menos de 24 horas de forma espontânea. Quando isso acontece, o mal é considerado transitório, mas não significa que não exista nenhuma sequela. 

Por isso, o cantor segue internado e o objetivo dos médicos é entender a extensão do popular derrame. A doença ocorre quando o cérebro para de receber sangue. Um dos tipos mais graves é o hemorrágico, quando o motivo que fez parar a circulação é o rompimento de uma artéria. 

Publicidade

Já no tipo de AVC que Agnaldo sofreu, o isquêmico, há uma artéria que foi obstruída por um coágulo, que impede a passagem do sangue por todo o órgão.  O médico diz que mesmo se o paciente tiver apenas com um dos sintomas do AVC, ele deve ser levado na hora para a emergência do hospital mais próximo. 

Publicidade

De acordo com o Ministério da Saúde, é possível fazer alguns “testes” em casa para identificar um AVC. Um deles é pedir para a pessoa sorrir: caso o sorriso saia torto ou se a boca entortar, pode ser um derrame. Outro é pedir um abraço: a pessoa terá dificuldade para levantar ou manter um dos braços erguidos. A dificuldade de compreender frases e comandos é outro indício de um possível AVC.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.