in

Em crise, Globo reduz salário do Galvão e o libera para outras empresas

Globo

O narrador esportivo Galvão Bueno é uma das maiores estrelas da Rede Globo de Televisão. Considerado o maior narrador de todos os tempos, Galvão tinha um salário de R$ 1,5 milhão e sempre foi considerado uma entidade dentro da emissora.

Publicidade

Vivendo uma crise de audiência, a Rede Globo decidiu alterar os R$ 1,5 milhão para Galvão e teve que reduzir 1/3 do salário do narrador. Agora, Galvão receberá R$ 1 milhão e está liberado para contrato com outra empresa que estiver interessada em patrociná-lo.

Anteriormente, o contrato de exclusividade com Galvão e um salário altíssimo impedia que outras empresas o contratassem. Com salário reduzido, o narrador esportivo busca patrocínios e pode fazer o programa ‘Na Estrada com Galvão’, que deve ter parceria com uma montadora.

Publicidade

Galvão também narrará a campanha da Seleção Brasileira na Copa América de 2019, portanto também busca patrocínios para fazer durante a competição, que será no Brasil.

Publicidade

Críticas do Roger

Vocalista do ‘Ultraje a Rigor’, Roger Rocha comentou o caso no Twitter e questionou se estaria faltando dinheiro do governo na emissora, justificando então uma suposta campanha contra o atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

Publicidade

Muitos ironizaram a redução no salário de Galvão, pois ainda continua muito alto; e outros comemoram o fato como uma queda no nível da Rede Globo de Televisão. No início do mandato, Bolsonaro revelou que tratava a Globo como ‘inimiga’ e acabou polemizando muito, porém não há notícias de quaisquer relações com Bolsonaro e a redução salarial do Galvão, apenas especulações feitas por apoiadores do presidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com