in

A extravagância de que se fala em Barcelona: ‘Messi e CR7 juntos’

Leo Messi e Cristiano Ronaldo são, indiscutivelmente, os melhores jogadores de sua geração. Durante anos e anos, os dois craques elevaram o futebol um nível acima e vêm dominando. Já muitas vezes se imaginou como seria se eles jogassem juntos, o que nunca aconteceu. Foram rivais muitas vezes, mas nunca compartilharam vestiário. O que poderia acabar acontecendo brevemente, de acordo com a vontade de David Beckham, que está formando seu novo projeto galáctico. 

Publicidade

Beckham quer juntar estrelas

Inter Miami é o nome da equipe que David Beckham está formando para competir na MLS, a liga norte americana. O time vai entrar na competição em 2020, mas Beckham pretende que antes de 2024, o seu Inter Miami seja já uma referência mundial no futebol. Para isso, o antigo craque inglês tem ideias bem ambiciosas. 

Para seu projeto se tornar mais forte ainda, Beckham tem um plano que é o sonho de todo fã de futebol.  O inglês quer juntar Cristiano Ronaldo e Leo Messi em seu novo projeto, já em 2021. O antigo craque de Manchester United e Real Madrid quer ser o novo Florentino Pérez do futebol e espera transformar a Inter Miami no novo Cosmos, no qual Pelé, Beckenbauer e Cruyff se juntaram em um time, muitos anos atrás.

Publicidade

Nervosismo em Barcelona

“Cristiano Ronaldo e Messi juntos”, é o assunto que começa a se falar cada vez mais. David Beckham ainda não formalizou sua intenção, com certeza, mas também não negou essa possibilidade. De acordo com o Diário Gol, ele estaria fazendo todos os possíveis para seu plano se concretizar.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Uma possibilidade que faz cada vez mais sentido. Cristiano Ronaldo já revelou, no passado, que gostaria de jogar na MLS, no final de sua carreira, e Leo Messi já alertou seus fãs que só deixaria o Barça para jogar em um time fora da Europa, não precisando enfrentar nunca seu time de coração. Ainda segundo o Diário Gol, os dois jogadores iriam receber qualquer coisa como 75 milhões de euros por temporada. 

Publicidade
Publicidade