in

Mulher desiste de doar R$ 30 mil para menina com câncer: ‘Filha de lésbicas’

Extra / Reprodução

Tiffany e Albree Shaffer formam um casal lésbico e há cinco meses vivem com a difícil notícia de saber que sua filha enfrenta um câncer. A pequena Callie estava com neuroblastoma avançado e as mães precisavam de dinheiro para custear esse tratamento. 

Publicidade

Foi então que as mães receberam um e-mail, que poderia ser a solução para o problema financeiro do casal. Uma mulher, que não teve o nome revelado, disse que estava sensibilizada com a história da criança. No entanto, deixaria de doar a quantia equivalente a R$ 30 mil por saber que a menina era filha de um casal lésbico. 

A mensagem foi recebida quando a bebê estava no estágio quatro da doença. Para tentar reverter o câncer, a menor precisaria de cerca de dezoito meses de tratamento com radioterapia. O dinheiro serviria para isso, mas ao invés de ter a doação, o casal foi vítima de um caso de homofobia. 

Publicidade

As mães da criança divulgaram um print com  a oferta da mulher e se disseram com nojo de tamanha falta de sensibilidade e preconceito com a criança. Elas também divulgaram a mensagem recebida pela mulher. 

Publicidade

“Minhas orações estão com a Callie. Eu ia doar US$ 7,6 mil (cerca de R$ 30 mil) para ela, mas descobri que ela é filha de lésbicas. Eu escolhi fazer uma doação para St. Jude (hospital infantil) devido a esse fato”, afirmou a usuária da rede social.

Publicidade

A suposta doadora ainda diz que talvez Deus queira matar a criança por ela não ter um pai e uma mãe. “Desculpe, ainda vou rezar por ela, mas talvez seja a maneira de Deus de chamar sua atenção que ela precisa de uma mamãe e um papai, não duas mamães”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.