in

Vídeo pode gerar reviravolta no caso Eduarda Shigematsu e revelar verdadeiro assassino

Record TV / Reprodução

A morte da menina Eduarda Shigematsu está gerando grande revolta no estado do Paraná. A criança tinha apenas onze anos, quando foi dada como desaparecida pelo seu pai,  Ricardo Seidi, No entanto, dias após o desaparecimento da garota, o corpo de Eduarda foi encontrado.

Publicidade

A menina estava enterrada no quintal da família. Agora a Polícia Civil tenta encontrar vídeos de câmeras de segurança e com celular que possam comprovar o que realmente aconteceu. Há muitas dúvidas em torno do assassinato da criança e ainda existem possibilidades de reviravoltas. 

A reviravolta mais recente foi a prisão da avó paterna da criança, Terezinha de Jesus. Segundo a polícia, ela já sabia que a neta estava morta, quando denunciou o seu desaparecimento da criança. Terezinha nega que tenha ajudado o filho no assassinato de Eduarda Shigematsu.

Publicidade

A análise de vídeos relacionados ao caso pode ajudar bastante a polícia na nova fase da apuração do crime. A informação foi confirmada pelo delegado Bruno Silva Rocha. Caso não seja possível acessar algum conteúdo, os dados devem ir para perícia. 

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

https://www.facebook.com/watch/?v=2255390291391416

Publicidade

Na terça-feira (30), a Polícia Civil divulgou dois vídeos em que é possível ver a menina e o pai dela na quarta-feira, 24 de abril, dia em que teria acontecido o crime.  As imagens divulgadas pelas autoridades podem ser assistidas acima. 

Além de comprovar quem teria participado do crime, a análise das imagens pode ajudar a polícia a entender o que teria motivado o pai da criança a efetuar o suposto crime que ele mesmo confessou. 

Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.