in

Lembra da escola de samba em que o diabo venceu Jesus? ‘O castigo demorou, mas chegou’

Foto/Reprodução: Record TV

A Unigrejas, União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos reuniu a assinatura de 7 mil representantes das igrejas para processar a escola de samba Gaviões da Fiel. O enredo usado pela escola no Carnaval 2019 incomodou as lideranças religiosas. Na época, a agremiação foi bastante criticada. 

Publicidade

Na avenida, foi mostrada uma batalha na qual o ‘diabo’ aparecia vencendo ‘Jesus’. Para os cristãos, o que houve foi, justamente, o inverso. Nas imagens captadas da escola de samba, o homem vestido de Jesus apanha e é arrastado pelo personagem vestido de diabo. Muita gente ficou chocada com as cenas, mas parece que ‘o castigo demorou, mas chegou’.

O presidente da Unigrejas, Eduardo Bravo, e um advogado estiveram na sede do Ministério Público Federal, em São Paulo, para protocolar o documento contra a Gaviões da Fiel. A petição tem trinta e três páginas e pede a abertura de um procedimento de investigação criminal contra a escola de samba paulistana. 

Publicidade

Para a Unigrejas, a Gaviões da Fiel desrespeitou os cristãos e ainda incitou o ódio com seu desfile. Além disso, a escola está sendo acusada de cometer o crime de intolerância religiosa. 

Publicidade

“Não não aceitamos qualquer tipo de preconceito e intolerância religiosa. Os sinais da fé estão cada vez mais sendo ridicularizados”, disse Eduardo Bravo sobre a situação. 

Publicidade

Um procurador federal pode se pronunciar em até dois meses sobre o processo. Os representantes da Gaviões da Fiel podem ser chamados para prestarem depoimentos sobre o caso.

Se o Ministério Público Federal oferecer denúncia, os representantes podem até serem presos. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.