in

Político petista associa morte de Beth Carvalho à prisão do ex-presidente Lula

Divulgação: Beth Carvalho Montagem: Diogo Marcondes

A morte da cantora Beth Carvalho, na tarde da terça-feira (30), continua repercutindo nas redes sociais. Famosos e anônimos se despediram de uma das sambistas mais conhecidas de todo o Brasil. Beth tinha 72 anos e morreu vítima de uma infecção generalizada. Ela estava internada desde janeiro.

Publicidade

Entre as muitas pessoas que comentaram sobre a morte de Beth Carvalho está o político petista Wadih Damous. Segundo ele, a morte de Beth Carvalho tem a ver também com a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula está preso desde abril do ano passado, cumprindo pena pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

“Beth Carvalho resistiu à dor física durante anos e de maneira heróica. Mas a dor existencial de ver o Brasil se desfazendo, com o seu amigo Lula preso e a arte e a cultura atacadas por boçais apressou a sua morte”, comentou Wadih Damous.

Publicidade

O petista ainda dá o que provavelmente é uma indireta ao presidente Jair Bolsonaro, que anunciou diminuição no valor da Lei Rouanet. A postagem de Damous tem mais de 1,5 mil likes e centenas de comentários. Alguns internautas pareceram concordar com o político, outros o criticaram.

Publicidade

“Companheiro Wadih, concordo e estendo, a todos que compreendem a realidade e vivem o desgaste sócio-econômico diário, sem justiça e perspectivas, o mesmo desalento de Beth Carvalho. O ar está pesado e a vida áspera”, afirmou um seguidor.

Publicidade

“Poxa, não esperam nem o corpo ser coberto para começar a usar de palanque. Barbaridade”, criticou uma internauta. Políticos como Dilma Roussef, Erika Kokai e Gleisi Hoffmann também lamentaram a morte de Beth Carvalho em suas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!