in

Papa Francisco já criticou vida dupla: ‘Melhor ser ateu do que católico hipócrita’

Foto: Convento da Penha.

O Papa Francisco fez uma crítica aos católicos hipócritas no passado e recentemente essa polêmica voltou a ser destaque nas redes sociais, como sendo um assunto muito importante a ser discutido no meio cristão. 

Publicidade

Desde que se tornou Papa, em 2013, ele vem fazendo críticas aos católicos, observando comportamentos que não condizem com o que falam ou dizem acreditar. Seus atos tem sido considerados ao de Jesus, que em sua época criticou a hipocrisia entre os judeus de sua época.

Em 2017 ele sugeriu que seria melhor ser ateu do que católico hipócrita. Para ele, ter uma vida dupla, dizer uma coisa e fazer outra é um escândalo. Segundo Papa Francisco, muitas dessas pessoas afirmam ser “muito católicas”, pois frequentam assiduamente as missas.

Publicidade

Papa Francisco observou que muitos que proferem esse lindo discurso na verdade exploram pessoas, fazem negócios sujos e tem uma vida dupla. Para ele isso é a mesma coisa que não ser cristão, mesmo que seja membro de uma associação religiosa.

Publicidade

O sacerdote ainda disse que esse tipo de pessoa causa muitos escândalos entre os não cristãos que afirmam que se for para ser um católico assim é melhor ser ateu. Ele ainda chamou de “missa satânica” quando um padre comete abuso contra indefesos.

Publicidade

Além de dizer “melhor ser ateu do que católico hipócrita”, o Papa ainda afirmou que os cristãos devem considerar um ateu bom, caso ele seja uma boa pessoa, independente de suas crenças ou ausência delas. Assim, mais uma vez ele traz sã consciência de que é necessário analisar a si mesmo antes de professar sua fé.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Carolina Mello

Amante das artes, leitura e escrita, resolvi fazer de um hobby uma profissão.