in

Frente a frente com delegado, marido de Carol Bittencourt diz toda a verdade

Veja / Montagem / Quem / Fernando

Nesta terça-feira, 30 de abril, aconteceu o velório e cremação da apresentadora, atriz e modelo Carol Bittencourt. Ela morreu após desaparecer no mar de Ilhabella, no litoral de São Paulo. No mesmo dia em que se despediu da esposa, o marido de Carol Bittencourt, empresário Jorge Sistini conversou com a polícia.

Publicidade

Esse foi o primeiro depoimento dele oficial às autoridades. Mesmo cansado e triste, o empresário Jorge Sistini teve que passar pelo ritual de perguntas da polícia. O principal objetivo é identificar se existe algum tipo de crime na morte da modelo.  

Até o momento, oficialmente, a polícia acredita que a modelo realmente morreu em decorrência de afogamento. Segundo Jorge, ele viu a mulher caindo no mar, mas as gigantes ondas da região o impediram. Jorge teria nadado cerca de três horas até o litoral, onde foi resgatado. Ainda assim, ele ajudou no resgate do corpo de Carol.

Publicidade

O empresário, que ainda não deu entrevistas sobre o assunto, declarou à polícia que ele e a mulher navegavam pelo canal de Ilhabela, perto da marina Igarerecê, na altura do bairro Pontal da Cruz, em São Sebastião, quando ’em razão dos ventos fortes, a vítima veio a cair no mar’.

Publicidade

Essa versão desmente o boato que dá conta que ela teria pulado na água para resgatar um cachorro. Os ventos na região chegaram a ultrapassar 100 Km/h.

Publicidade

No velório da famosa, segundo informações do jornalista Léo Dias, o empresário Jorge Sistini teria sido o último a se retirar do local. A cerimônia contou com a participação de 50 pessoas, entre familiares e amigos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.