in

Gonzalo Carneiro é suspenso do futebol por suspeita de uso de droga

Foto: Rubens Chiri

O atacante uruguaio, Gonzalo Carneiro, foi suspenso do futebol provisoriamente por suspeita de uso de cocaína, mesma droga que afastou o atacante Paolo Guerrero por muito tempo dos gramados.

Publicidade

Carneiro foi pego em um exame da Federação Paulista de Futebol, que é aprovado pela Associação Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD). O São Paulo já havia sido comunicado pela entidade na quarta-feira da semana passada. Porém, segundo o site Globo Esporte, o clube alegou que foi comunicado nesta segunda-feira (22) pelo próprio jogador. O Tricolor do Morumbi ainda não se pronunciou publicamente sobre o caso.

O exame que acusou o uso da substância proibida, foi na primeira fase do Campeonato Paulista de 2019, no clássico contra o Palmeiras, no dia 16 de março. Na ocasião, o Tricolor saiu derrotado por 1 a 0, e Gonzalo Carneiro foi titular durante os 90 minutos da partida.

Publicidade

O atacante uruguaio chegou ao São Paulo em abril do ano passado e seu contrato com o clube se estende até 31 de março de 2021. Ele pertencia ao Defensor Sporting-URU e, na época, o Tricolor comprou  50% dos seus direitos federativos, custando um total de 800 mil dólares (R$ 2,6 milhões na cotação da época) aos cofres do clube.

Publicidade

A suspensão de Carneiro ocorreu na última quarta-feira (17), uma semana antes da segunda partida da decisão do Paulistão contra o Corinthians. O São Paulo havia alegado que o jogador não estava a disposição para a final por conta de uma tendinite no joelho. O atleta tem até essa quarta-feira para pedir uma contraprova e poder voltar jogar futebol.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Ataídes Milani Junior

Redator da 1News Brasil