in

‘De Manhã sou pedreiro, à noite drag queen’

Foto/Montagem: Extra

Algumas histórias são realmente surpreendentes. O jovem Igor William de Santana contou um pouco da sua trajetória para o jornal carioca Extra. Atualmente, ele tem 29 anos de idade, mas quando ainda tinha 19 anos, acabou sendo expulso por familiares de casa pelo fato de ser homossexual.

Publicidade

O jovem, é claro, por conta da situação, ficou muito indignado com sua família, mas não esmoreceu. Ele decidiu arregaçar as mangas, porém, jamais desistiu dos seus sonhos. Durante o dia, Igor trabalha como pedreiro, enquanto à noite ele exerce outra profissão.

O filho rejeitado estudou teatro e à noite dá vida à uma drag queen. Para o ator, não há masculino ou feminino e sim os personagens. “Eu usei o recurso do transformismo inspirado nas vilãs de novela“, explica Igor em uma entrevista dada ao jornal Extra.

Publicidade

O pedreiro ator tem feito sucesso e, ao longo dos últimos anos, apresentou-se em vários lugares. Ele, inclusive, já tem até uma personagem famosa, Safira O’hara. Ela contrasta bastante com a profissão matutina do rapaz, mas nada que ele se envergonhe, pelo contrário.

Publicidade

O rapaz conta que toma estratégias, no entanto, para não ser vítima da violência carioca. “Show de drags geralmente são à noite e temos que ser muito mais espertas. Eu não levo maquiagem na rua porque corro risco de ser roubada”, explicou ele, que tem bastante orgulho dos dois ofícios.

Publicidade

Após as brigas, hoje o jovem tem ainda mais boas novas para contar. “Atualmente tenho uma relação saudável com minha mãe, mas precisava dar esse tapa na cara do passado”, observou ele sobre tantas mudanças. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.