in

‘Não me interesso com quem não chega ao meu tom de pele’, diz dentista que recebe castigo

Carlos Alberto Bezerra Chagas, da 1ª vara da Comarca de São Raimundo Nonato, no Piauí, determinou a prisão da dentista Delzuíte Ribeiro de Macêdo.

Publicidade

A dentista que mora na cidade localizada a 536 quilômetros de Teresina, foi condenada a dois anos e quatro meses de prisão, acusada de cometer injúria racial e racismo, além de três meses por tentativa leve de lesão corporal.

O Tribunal de Justiça do Piauí divulgou a sentença proferida pelo juiz na página do portal oficial. Segundo a sentença, os três crimes foram praticados contra a mesma pessoa, identificada no processo como Thaiane Ribeiro Neves.

Publicidade

Segundo a acusação, a dentista teria usado sua rede social para cometer os atos racistas contra a vítima. Em uma das publicações escritas a dentista disse: “Já vi que você saiu da senzala, porém a senzala ainda não saiu de você”.

Publicidade

Em outro trecho, a dentista teria escrito que só se interessava por pessoas do mesmo tom de pele que ela.

Publicidade

Na decisão o magistrado converteu a pena restritiva de liberdade em direitos. A acusada deverá pagar multa, além de realizar trabalhos comunitários em prol da população. A decisão do juiz foi proferida no último dia 16 abril. A dentista poderá recorrer da sentença em liberdade. A denúncia foi ajuizada pelo Ministério Público do Piauí.

Delzuíte conseguiu se ver livre das acusações de crime de ameaça, porque segundo o magistrado, não teve provas existentes para que pudesse confirmar o ato. A reportagem da revista Isto É buscou contato com a defesa da acusada, mas não conseguiu falar com os representantes.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.