in

Político gay diz ser respeitado no Senado e dá verdadeira lição em Jean Wyllys

Foto/Montagem: UOL/ G1

O Senador Fabiano Contarato, da Rede do Espírito Santo, revelou que é homossexual, mas que isso nunca causou qualquer problema para ele no Congresso Nacional. Fabiano, inclusive, garante que é muito respeitado. Ele ainda fez críticas ao ex-deputado federal, Jean Wlllys, do PSOL do Rio de Janeiro. Jean pediu exoneração do cargo após revelar supostas ameaças. Hoje ele vive no exterior. 

Publicidade

Contarato é o primeiro Senador do Brasil que abertamente é homossexual. Ele diz que é muito bem tratado por outros colegas de cargos e que sua condição não o impediu de crescer na política brasileira. 

O Senador diz que quando eleito quis representar o povo do Espírito Santo e não apenas um segmento da população. Para ele, esse pode ter sido um dos erros de Jean Wyllys. 

Publicidade

Fabiano sintetiza que qualquer parlamentar precisa entender que durante sua jornada no Congresso Nacional vai atender à várias demandas, até aqueles que defendem focar em um ou outro tema. 

Publicidade

O senador Fabiano Contarato é casado e pai de um menino de quatro anos. Ele diz que estava na fila de adoção há anos. Após adotar a primeira criança, o Senador disse que já está na fila para conseguir mais um herdeiro. 

Publicidade

Polêmica entre Jean e diretor de cinema

O ex-deputado federal do Psol Jean Wyllys, que abdicou de assumir novo mandato na Câmara e se impôs um auto-exílio em decorrência de uma onda de ameaças que vinha sofrendo, escreveu um duro artigo endereçado ao cineasta José Padilha. No texto, Wyllys chama o diretor de Tropa de Elite e da série O Mecanismo, da Netflix, de “mentiroso”. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.