in

Herói! Motorista conta que tentou salvar família de soterramento no Rio de Janeiro

G1

As últimas chuvas que ainda estão caindo sobre o Rio de Janeiro já lista 10 vitimas fatais, muitos desabamentos, arvores ao chão, carros arrastados e muita devastação.

Publicidade

Entre as vitimas estão a aposentada Lúcia Xavier Sarmento, sua neta, Júlia Neves e o taxista Marcelo Tavares Macelino, eles estavam no táxi que foi levado pelas correnteza na última segunda-feira dia 8 de abril.

Um outro motorista Lindenberg Martins, colega de profissão de Marcelo, conta que foi o último a falar com o taxista antes da tragédia, ele detalha que ficou parado em um engarrafamento na Zona Sul, nas proximidades da Avenida Carlos Peixoto, em Botafogo.

Publicidade

Ele notou que uma árvore havia caído, então pediu licença aos passageiros e saiu do carro, foi quando notou que tudo estava desmoronando e saiu avisando aos outros motoristas:“Eu bati na janela do taxista e eu falei com ele”.

Publicidade

“Não foi somente a queda de uma árvore, é um deslizamento, vamos sair daqui, independente se o carro tem seguro ou não, larga isso aí. Vamos embora’”, disse Lindenberg que está com o coração partido após saber que os três não conseguiram escapar. 

Publicidade

Ele diz ainda que imaginou que eles tivessem saído do carro, mas os noticiários de terça-feira, anunciavam que eles estavam desaparecidos, foi aí que ele avisou a Policia Militar, após ser impedido pelos bombeiros de chegar até o local do desabamento.

De acordo com a assessoria da Corporação do Corpo de Bombeiros e responsáveis pelo monitoramento da meteorologia, as chuvas serão mais amenas durante a quarta-feira (10), perdendo ainda mais força na quinta-feira (11).

Publicidade
Publicidade