in

Jovem que foi acusada de furto e obrigada a tirar a roupa em loja será indenizada em R$ 20 mil

Rapidonoar

Na cidade de Jequié, que fica no sudoeste do estado da Bahia, uma loja de produtos importados foi condenada a pagar R$ 20 mil a uma jovem, por tê-la acusado de furto e ainda, obrigá-la a tirar a roupa.

Publicidade

A garota denunciou a humilhação à qual foi submetida para a polícia e disse que foi até o estabelecimento comercial a pedido da mãe para comprar alguns utensílios domésticos. Ao chegar à loja e escolher os itens que compraria, foi até o caixa para pagar, porém, dois seguranças a abordaram e disseram que ela estava furtando alguns produtos.

Segundo a vítima, ela foi levada pelos seguranças até a esposa do dono da loja e em seguida foi revistada. Os seguranças também teriam obrigado ela a tirar a roupa e após revistá-la, nada foi encontrado. Após este constrangimento, teve o dinheiro tomado pelos funcionários e foi obrigada a lavar dois banheiros.

Publicidade

Nesta ocasião, ela era menor de idade e o caso ganhou grande repercussão, indo parar na Justiça. Na 2ª Vara de Feitos de Relações de Consumo Cíveis e Comerciais da Comarca de Jequié, a ação foi julgada em primeira instância e o juiz determinou que a loja deveria pagar um valor determinado por danos morais.

Publicidade

A empresa recorreu, só que em segunda instância a decisão foi mantida, no dia 26 de março e a desembargadora Maria de Lourdes Pinho Medauar indeferiu o recurso. Para a relatora, não havia provas que viessem a sustentar a acusação de que a jovem teria furtado produtos da loja.

Publicidade

Vale ressaltar que ainda cabe recurso, mas o estabelecimento comercial não informou se irá recorrer mais uma vez.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br