in

Motoqueiro atrevido dá meia-volta, apalpa pedestre e pode se dar muito mal

Reprodução / Vídeo G1

Uma mulher caminhava por uma rua residencial de Santa Maria, no Distrito Federal, no fim de semana, quando um caso inusitado e criminoso ocorreu. Um motociclista, que passava pelo local, resolveu dar meia-volta e apalpar a pedestre.

Publicidade

Câmeras de segurança registraram tudo o que aconteceu. Primeiro, aparece o motoqueiro no vídeo. Ele se desloca para o parte de cima da imagem. Logo depois, aparece a mulher. Quando ela surge, o motociclista já estava quase no final da rua, mas ele faz o retorno para ir ao encontro da mulher.

Ela está de vestido preto e caminhando no meio da rua. A mulher para, olha para baixo, coça os pés, e segue, sem perceber que o homem está voltando. Ele vai chegando mais perto até o momento em que estica o braço e apalpa a mulher na altura do peito.

Publicidade

A mulher, cuja identidade não foi revelada, leva um susto ao ser tocada e tenta correr atrás dele, mas outra câmera mostra que o motociclista vai embora. A rua estava vazia no momento. As imagens estão sendo usadas pela polícia para identificar o assediador. O caso foi registrado na 33ª DP de Santa Maria.

Publicidade

Após a divulgação do vídeo, outras duas vítimas procuraram a delegacia para registrar ocorrência, de acordo com o delegado Alberto Rodrigues. O motoqueiro ainda não foi localizado pela polícia, mas pode se dar muito mal.

Publicidade

De acordo com o Código Penal Brasil, a punição para importunação, crime pelo qual ele vai responder, varia de um a cinco anos de prisão. Como há mais de uma vítima no caso, a situação dele pode se complicar ainda mais e o motoqueiro abusador pode parar longos anos atrás das grades.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!