in

Zidane e o Real Madrid decididos: o novo ataque do Real Madrid

AS

Zinedine Zidane vai trabalhando no novo Real Madrid. O treinador francês vai fazendo testes no time, tentando perceber com quem pode contar para a próxima temporada.

Publicidade

A defesa começa a tomar forma, após a chegada do zagueiro brasileiro Éder Militão e agora vem a coisa mais importante, o ataque. A falta de gol foi um dos grandes problemas esse ano e é certo para todos que o Real precisa de reforçar a artilharia.  

Camisa ‘9’ causa divergências 

Karim Benzema deve seguir sendo intocável para Zidane, embora Florentino Perez esteja preferindo assinar uma nova estrela mundial como Harry Kane. Mauro Icardi também lhe interessa muito, especialmente considerando que o argentino da Inter de Milão custaria apenas 60 milhões de euros, segundo o Don Balón.

Publicidade

Porém, o treinador francês estaria irredutível em sua ideia de seguir com Benzema de 9, deixando espaço para um jovem talento com projeção, como Luka Jovic, ou então ele poderia apostar em Rodrygo ou Raúl de Tomás.   

Publicidade

Hazard é o favorito de Zidane 

Depois, na ala esquerda, Zidane não estaria tão entusiasmado só com Vinícius Junior. O problema é que Zidane ainda considera o jovem brasileiro muito verde para ser um indiscutível no time. Ele tem muito a melhorar, como ficou evidente em jogos de maior importância. 

Publicidade

Por isso, enquanto o jovem vai crescendo, Zidane tem um favorito para fazer a posição. E o nome de quem se fala é Eden Hazard, que, aos 28 anos, traria experiência e qualidade para a equipe.  

Mbappé é o sonho de Florentino 

Finalmente, o tridente atacante ficaria completo com Kylian Mbappé, o grande sonho de Florentin Pérez. Porém, em Madrid, eles estão cientes do quão difícil será sua contratação. Existem alternativas, como Sadio Mané, do Liverpool, ou João Félix, do Benfica. No entanto, a chegada da estrela do PSG é a mais desejada.

Lucas Vázquez seria seu substituto, sendo que nos planos de Zidane, parece que não entram Bale, Isco, nem Asensio. 

 

 

Publicidade
Publicidade