in

Casal tem 13 filhos com a inicial ‘R’, de jogadores, espera o 14º e quer ‘manter tradição’

G1

Esta, sem dúvida alguma, é uma grande família. Na mesma casa, na cidade de Conceição do Coité, a 200 quilômetros de Salvador, moram o senhor Irineu Cruz, de 42 anos, a esposa, dona Jucicleide Silva, e seus 13 filhos, 

Publicidade

Jucicleide está gravida do seu 14º filho e, para não quebrar a corrente, está numa luta para escolher, junto ao marido, o nome da criança de forma que tenha a inicial do nome com a letra ‘R’, como todos os demais, e de acordo com os exames de USG obstétrica, vem aí mais um menino.

Conhecido como “Chitão”, ele é quem dá o veredito na escolha do nome que além de iniciar com a letra R, tem que ser nome de jogador de futebol, mesmo que já tenha pendurado as chuteiras. 

Publicidade

O próximo bebê deverá se unir muito em breve aos demais irmãos, que se chamam: Ramon, Ronaldo, Ricon, Robson, Riquelme, Reinan, Ramires, Rubens, Ruan, Railson, Rivaldo, Rafael e Rauan. O casal sustenta os filhos fazendo ‘bicos’ e com a ajuda do Bolsa Família. Os três filhos mais velhos já trabalham como açougueiros em mercado da cidade. 

Publicidade

Apesar do alto custo de vida e da baixa renda familiar, o casal está radiante de alegria com a expectativa da chegada de mais filho. ”Graças a Deus, eu vivo alegre. A minha vida é alegre desde o nascimento, e ter um novo filho é motivo para mais alegria ainda”, declara. “Também estou muito alegre, não vejo a hora de nascer”, declara a matriarca.

Publicidade

A esposa disse que acha super legal e diferente a ideia do marido de colocar todos os nomes com a mesma inicial, mas se por ventura ela engravidar de uma menina, irá colocar um nome com a inicial J, para combinar com o seu.

Publicidade