in

Diagnóstico da morte do neto de Lula é falso

Reprodução: Lula

 O neto do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, morreu no último mês aos sete anos de idade. A causa da morte, até então, teria sido causada por um quadro complicado da meningite que ele já tinha há um tempo.

Publicidade

O seu diagnóstico dizia que a morte teria sido causada por conta da doença, mas a prefeitura da cidade de Sando André, localizada no ABC Paulista, descartou a causa da morte como sendo meningite.

Foi divulgada uma nota da prefeitura afirmando que o diagnóstico era falso, além de que mais informações sobre o assunto pertenciam à respeito da família, portanto não foram divulgadas. Foi constatado que a criança chegou ao Hospital Bartira, da rede D’Or, com febre, dor no corpo e enjoo. O quadro era estável e rapidamente se agravou.

Publicidade

Situação de Lula

Após a morte do neto, o ex-presidente foi liberado para ir ao velório e recebeu as mais diversas condolências de familiares e pessoas próximas. Após isso, o petista retornou à cadeia, onde está cumprindo a sentença dada pelo juiz Sérgio Moro e amplificada pelo TRF-4, de segunda instância.

Publicidade

Hoje, Lula tenta recursos para uma eventual soltura, mas especialistas em direito vêem a situação como complicada, uma vez que o ex-presidente é réu em diversos outros processos, que podem acabar complicando sua situação.

Publicidade

A perda de seu neto foi a segunda familiar desde que Lula está preso. Antes de ter sido preso, o petista que já havia perdido a sua esposa também teve que lidar com a morte recente de seu irmão. Na ocasião, Lula não foi ao velório e nem ao enterro porque demorou para receber a liberação.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com