in

Grupo terrorista Hamas ‘ataca’ Bolsonaro e condena visita a Israel

Fotomontagem: Instagram Jair Bolsonaro / Wikimedia Commons/Diogo Marcondes

A viagem do presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PSL) para Israel está causando grande polêmica no mundo árabe. Nesta segunda-feira (1º), o grupo terrorista islâmico Hamas divulgou nota criticando a visita de Bolsonaro.

Publicidade

A nota foi publicada no site da organização terrorista. “O movimento Hamas condena veementemente a visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro à ocupação israelense como um movimentação que não apenas contradiz a atitude histórica do povo brasileiro que apoia a luta pela liberdade do povo palestino contra a ocupação, mas também viola as leis e normas internacionais“, diz trecho do comunicado.

Em Israel, Bolsonaro afirmou que o governo brasileiro vai criar um escritório de negócios em Jerusalém. O presidente também visitou o Muro das Lamentações acompanhado pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu. Esta foi a primeira vez que um chefe de Estado realizou essa visita ao lado de um primeiro-ministro israelense.

Publicidade

Jair Bolsonaro sempre mostrou ser próximo de Israel e do povo judeu, desde antes de iniciar a campanha para a presidência da República, no ano passado. O presidente do Brasil prometeu mudar a embaixada brasileira para Jerusalém, mas parece ter recuado da ideia.

Publicidade

Em seu comunicado, o grupo terrorista Hamas pede à Liga Árabe e a outras entidades que internacionais que pressionem o governo brasileiro a não apoiar “a ocupação israelense”, conforme diz o texto, que termina falando sobre “abomináveis crimes e violações cometidas contra o povo palestino” por Israel. O governo brasileiro ainda não comentou a nota do Hamas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!