in

Luciano Huck sofre ataques após sair em defesa de Bolsonaro

Marcos Corrêa/PR / TV Foco

O apresentador de Televisão, Luciano Huck, era praticamente unanimidade para os brasileiros, tanto que se especulou uma ida sua ao cenário político. O global foi colocado, até mesmo, em pesquisas para presidência da República.

Publicidade

No entanto, o boato de que Luciano se tornaria candidato demorou para ser desmentido pelo próprio apresentador, que negou a vontade de entrar neste cenário. Contudo, a imagem do marido de Angélica foi se destacando aos poucos e ele acabou entrando no chamado ‘Furacão Bolsonaro’.

Desde que Bolsonaro se elegeu presidente da República, um chamado ‘Furacão’ vem acontecendo no mundo dos famosos, onde alguns estão do lado do presidente e outros contra. José de Abreu e Pablo Vittar foram são exemplos dos que ficaram do lado oposto ao capitão da reserva do Exército.

Publicidade

Luciano começou a ser desgastado quando os escândalos de corrupção que supostamente envolvem o seu ex-amigo, Aécio Neves, que já foi candidato à presidência da República e era totalmente apoiado pelo apresentador. Logo, o mesmo apareceu em eventos com figuras polêmicas, como Kassab e Geraldo Alckmin.

Publicidade

Os ataques ao global aumentaram ainda mais quando ele saiu em defesa de Jair Bolsonaro em um evento em Davos: “Ele está se forçando“, disse na ocasião. Fato este que pareceu ser o fim para que Luciano sofresse constante ataques.

Publicidade

O ‘Furacão Bolsonaro’ ainda vem afetando diversos artistas e são relatadas até ameaças de mortes a estes. Jean Wyllys, embora político e não artista, alegou ter saído do país após sofrer ameaças de vida.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com