in

Reviravolta: detetive afirma que Madeleine McCann pode estar viva e no Brasil

Divulgação/Lacuarta

A Netflix lançou um documentário que explica várias as teorias sobre o desaparecimento de Madeleine McCann. 

Publicidade

A América do Sul é um destino muito provável, Portugal tem laços com o Brasil que são conhecidos e, do Brasil, poderia estar em qualquer lugar da América do Sul”, disse Julián Peribañez, investigador particular..

Ele disse que também acredita que Madeleine McCann está viva e foi sequestrada por um grupo organizado. Por essa razão, os pais da criança ainda esperam encontrá-la.
A revelação de Peribañez foi uma das mais comentadas no documentário ‘O Desaparecimento de Madeleine McCann’, como parte da análise das linhas de pesquisa realizadas na última década. 

Publicidade

A conclusão, feita através de entrevistas com todos os envolvidos, é que a criança está desaparecida em um país da América do Sul.
No  documentário é relatado que a criança desapareceu na Praia da Luz, em Portugal, há 12 anos. 

Publicidade

Todos os envolvidos nas investigações participaram do documentário, exceto os pais de Madeleine McCann, que não acreditam que o documentário ajudaria a encontrar sua filha.
Eles confessaram não concordar com a participação de Gonzalo Amaral, um detetive português que insinuou que a garota desapareceu por causa deles. 

Publicidade

Os pais de Madeleine não têm nada a ver com isso, as acusações contra eles são infundadas, sem provas”, disse Peribañez ao MDZ em uma entrevista.

Madeleine McCann desapareceu em um quarto no resort onde ela estava hospedada com seus pais e irmãos gêmeos. Isso aconteceu enquanto seus pais comiam em um restaurante de hotel na Praia da Luz, Portugal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.