in

Gleisi choca ao ficar a favor de Bolsonaro e rejeitar impeachment: ‘Seria semigolpista’

Veja / Montagem / UOL

A deputada federal, ex-senadora e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, em pelo menos uma coisa é favorável ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. A petista quer que ele continue no cargo e diz que não há qualquer movimento dentro do PT que preze pelo seu impeachment

Publicidade

De acordo com a senadora Gleisi Hoffmann, as críticas sobre o mandato de Bolsonaro se deram por, segundo ela, o líder do PSL ter ganho as eleições com a ajuda de fake news e atacando os adversários. A deputada diz que os ex-aliados de Bolsonaro é que minam o governo dele, descontentes por algumas coisas ainda não terem andado. 

Uma delas, segundo Gleisi Hoffmann, é a reforma da previdência, que patina no Congresso Nacional. A aliada do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva ainda inovou ao fazer política, instituindo o que chamou de “semigolpe”. 

Publicidade

Gleisi surpreende e diz que é a favor de Bolsonaro continuar no poder e nega pedido de impeachment

“Nós questionamos a eleição de Bolsonaro pela forma como ele foi eleito, com a prisão do Lula, fake news, mas tem uma regra no país. Agora, quem o colocou lá já está falando em afastá-lo, porque tem interesse que algumas coisas andem mais rápido, como a reforma da Previdência”, disse Gleisi ao comentar o tema importante para a sociedade brasileira em um momento que Braspilia vive sob tensão. 

Publicidade

Ainda segundo Gleisi, a proposta do governo Bolsonaro para a previdência é ruim para os mais pobres:

 “Esse desmonte da Previdência é uma crueldade, do ponto de vista cristão é um pecado”. Ela reitera que “o povo brasileiro está pagando o preço”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.