in

Reforço do Real Madrid pode ter sido vetado do time por ter Messi como ídolo

Goal

O Real Madrid tem um reforço no time faz tempo, mas que tarda em entrar nas opções. Foi contratado como um dos mais promissores do mundo, mas a verdade é que cinco anos depois, ele continua bem longe do time. Agora, de acordo com o site Don Balón, sua distância poderia estar relacionada com umas declarações antigas sobre Leo Messi, quando muito se espera que Zidane o possa reintegrar, finalmente, na próxima temporada. 

Publicidade

Jogador sem oportunidades

Martin Odegaard é um jogador norueguês que joga como meia-atacante e que foi contratado pelo Real Madrid aos 16 anos. Por essa altura, Odegaard  era um dos jogadores mais cobiçados do mercado, porque era considerado um dos mais promissores jogadores do mundo.

Entretanto, ele já completou 21 anos e continua jogando na liga da Holanda, cedido pelo Real Madrid.

Publicidade

Inicialmente, Odegaard ainda jogou no Real Madrid Castilla, apesar de ficar logo inscrito no time principal. Porém, sem espaço no time principal, o Real Madrid preferiu ceder o jogador para o Heerenveen da Holanda, onde podias atuar em um escalão maior.

Publicidade

Depois disso, o Madrid voltou a ceder o jogador, mas desta vez para o Vitesse da mesma liga, onde finalmente ele está tendo um desempenho mais próximo ao esperado. 

Publicidade

View this post on Instagram

We keep going!?? @mijnvitesse

A post shared by Martin Ødegaard (@odegaard.98) on

Messi poderia ser o problema

Essa temporada, Odegaard já fez sete gols, em 27 partidas, fazendo boas atuações, que devem convencer Zidane a lhe dar uma nova chance e, quem sabe, realizar a pré-temporada com o Real Madrid. Porém, de acordo com o Don Balón, essa possibilidade é sempre complicada, porque o jovem jogador desde o início não tem hesitado em reconhecer Leo Messi como seu ídolo, comentário que não cai bem no vestiário do Real Madrid. 

O jogador precisaria, agora, de começar convencendo com seu futebol, e esquecer sua predileção pelo melhor jogador do maior rival do Real Madrid. 

Publicidade