in

João de Deus deixa a prisão, segue para hospital em Goiânia e é internado

Liberal

Néfi Cordeiro, ministro do STJ – Superior Tribunal de Justiça, acatou um pedido feito pela defesa de João Teixeira de Faria, conhecido por todos como João de Deus, para que ele deixe a prisão e siga para o Instituto de Neurologia de Goiânia.

Publicidade

A princípio, o médium foi autorizado a ficar no instituto por quatro semanas, onde ficará tratando um quadro de trombose venal profunda e depois deste período a Justiça irá analisar se é preciso um tempo maior para o tratamento ou não.

Desde o dia 16 de dezembro do ano passado que o médium está preso, sendo que na ocasião ele se entregou à Justiça depois do relato de várias mulheres acusando-o de abuso quando eram feitos os atendimentos na Casa Dom Inácio em Abadiânia, Goiás.

Publicidade

Recentemente, João de Deus concedeu uma entrevista à revista Veja e negou todas as acusações e afirmou: “O certo é que não abusei de ninguém“.

Publicidade

A defesa anexou um laudo médico no pedido enviado ao STJ, afirmando que o quadro clínico do médium poderá levar a Embolia Pulmonar, caso não receba um tratamento adequado.

Publicidade

No despacho feito, Néfi afirmou que ‘o primeiro e mais relevante interesse a ser protegido’ é o risco à vida.

O ministro explicou ainda que os documentos comprovam o tratamento urgente e que precisa ser feito em um hospital, por isto autorizou a saída do prisioneiro, desde que ele conte com uma escola policial no local 24 horas por dia e caso isto não seja possível, então deverá ser monitorado de forma eletrônica e João de Deus é que arcará com todos os gastos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br