in

Tragédia: balça afunda e deixa 77 mortos e vários desaparecidos durante comemoração

Divulgação ABC Noticias

Uma balça superlotada afundou, causando a morte de 77 pessoas e várias estão desaparecidas. Entre as vítimas estavam crianças e adultos. O naufrágio aconteceu na manhã desta quinta-feira (21), no rio Tigris, em Mosul, uma grande cidade no norte do Iraque, onde muitas famílias comemoravam o festival de Nowruz, disse as autoridades locais.

Publicidade

De acordo com a imprensa local, o barco levava famílias e crianças a caminho de uma estância turística em Mosul. As primeiras investigações feitas pela Polícia local apontou que na balça estavam cerca de 170 pessoas na hora do acidente. 

O navio naufragou porque havia muitos passageiros a bordo, mais de cem“, disse um funcionário dos serviços de segurança em Mosul. Homens, mulheres e crianças atravessaram o rio até aos parques, onde as famílias fazem o tradicional piquenique da festa de Norouz, o novo ano curdo decretou férias em todo o país. 

Publicidade

O incidente registrado nesta manhã de quinta-feira mobilizou os corpos de resgate, que conseguiram tirar 61 pessoas da água e o trabalho até agora continua naquele lugar”, disse o corpo de bombeiros.  

Publicidade

Depois das fortes chuvas nos últimos dias, as autoridades abriram as eclusas para aliviar a pressão no nível do grande reservatório de Mossul e alertaram o público de que as margens do rio Tigre seriam mais perigosas com um nível de água mais alto.

Publicidade

No momento, as causas exatas do naufrágio não foram especificadas.
O presidente russo, Vladimir Putin, expressou suas condolências ao seu homólogo iraquiano, Barham Salih, pela tragédia, informa a RIA Novosti.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.