in

Jean Wyllys diz que não voltará tão cedo ao Brasil e enumera motivos

O ex-deputado federal Jean Wyllys deixou o Brasil após alegar diversas ameaças de morte que vinha recebendo de opositores. Uma das causas, segundo o ex-BBB, é exatamente a eleição de Jair Bolsonaro como presidente da República, assim ele acabou sendo fadado como ‘inimigo’.

Publicidade

Jean anunciou sua saída do Brasil e renunciou ao seu cargo de deputado, ao qual tinha sido eleito pelo Rio de Janeiro. Sem medo, o ex-deputado revelou onde está morando. Na capital alemã, em Berlim.

Segundo Jean, ele não voltará tão cedo ao Brasil, pois não sabe quanto durarão os “dias de noites” no Brasil. O psolista é homossexual assumido e tem 45 anos de idade. Foi um dos deputados mais atuantes em brigas contra Jair Bolsonaro.

Publicidade

Jean já cuspiu no Bolsonaro durante a votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, quando ambos estavam em pé de igualdade e eram deputados. Bolsonaro havia elogiado o ex-coronel Brilhante Ustra, identificado por muitos como um dos principais torturadores na época do regime militar.

Publicidade

Contudo, o ex-deputado federal diz estar tranquilo e vivendo sem riscos de morte. Assim, Jean Wyllys conta também que pode, sim, militar politicamente mesmo estando fora do país.

Publicidade

O ex parlamentar revelou que, após se exilar em Berlim, foi contratado pela fundação alemã Rosa Luxemburgo e pela Open Society Foundation, que lhe propuseram fazer um doutorado na cidade. No entando, Jean afirma: “Berlim me escolheu“.

Longe da vida política, ele confirmou que continuará sendo um dos grandes opositores do Governo Bolsonaro e seguirá fortalecendo a oposição.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com