in

Boneca ‘Momo’ choca brasileiros, e MP da Bahia notifica google

Reprodução/Youtube

A polêmica envolvendo a boneca ‘Momo’ ganhou notoriedade nos últimos dias, isso porque os boatos ligados à figura assustadora indicam que a escultura estaria aparecendo em vídeos infantis e assustando crianças.

Publicidade

Alguns pais relataram que o vídeo também estaria induzindo e ensinando os pequenos a se matarem. Mediante a tal alarde, o programa ‘Bem Estar’ trouxe hoje (19) o tema à TV aberta para discutir se as informações que circulam no ‘WhatsApp’ e ‘Facebook’ são reais.

Após debaterem sobre o assunto, acabaram não chegando a nenhuma conclusão concreta; mesmo assim o programa focou em alertar e instruir os responsáveis sobre como agir acerca do caso.

Publicidade

Keisuko Aiso, o criador da figura pitoresca, sentiu culpado pela prática que alguns maus intencionados estão tomando com a sua criação; e jogou a escultura ‘Momo’ no lixo.

Publicidade

Decepcionado, o artista disse que nunca imaginou que poderia um dia chegar a esse ponto o uso da imagem da escultura. O caso’ Momo’, como foi apelidado, foi investigado pela plataforma Youtube e YouTube Kids, nenhum material foi identificado até o momento. Mediante a inserção cada vez mais precoce das crianças aos aparelhos eletrônicos, a pauta chamou a atenção para a fiscalização dos pais sobre o uso da internet.

Publicidade

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou o ‘Google’ e demais plataformas digitais para que removam qualquer imagem da boneca ou material que contenha a mesma. O promotor Moacir Nascimento falou que, apesar de não haver nem um caso, a medida é protetiva e visa bem-estar da comunidade.

Publicidade
Publicidade