in

Esporão: 3 tratamentos naturais que vão te ajudar a superar a dor do calcanhar

Site Receitas Naturais

O esporão calcâneo ou esporão de galo como é popularmente conhecido, é uma espécie de garra que se forna no calcanhar, no osso calcâneo. Pessoas que usam sapatos muito apertados, velhos ou inadequados, que fazem atividades físicas com grande impacto sobre os pés e não usam tênis com amortecedores, ou até mesmo aquelas que praticam dança ou permanecem muito tempo de sapatos de salto alto, são as mais propensas a esse problema.

Publicidade

Se trata de uma inflamação, que aparentemente não pode ser vista a olho nu, porque o sintoma dessa inflamação é a dor que uma pessoa sente ao caminhar e apoiar o calcanhar no chão. Portanto se trata de um problema que não é tão fácil de ser identificado. Se essa inflamação se estender por muito tempo, ela passa a ser crônica e não afeta apenas o osso, mas também os tendões. Quando não identificada a tempo, vai acontecendo uma calcificação dos tecidos ao redor do osso do calcanhar, é esse fenômeno que forma o esporão.

As causas da formação do esporão são várias, como estresse, excesso de peso, uso inadequado de sapatos como já citado anteriormente, muito tempo de pé, trabalhos exaustivos que provoquem grande impacto sobre os pés, inflamações transcuradas e falta de minerais no corpo. A falta do magnésio, por exemplo, representa um sério problema, pois esse mineral ajuda na prevenção da calcificação e da formação do esporão. 

Publicidade

O maior problema ainda é como identificar a formação de um esporão, visto que as inflamações ocorrem em silêncio e em oculto, e o único modo de identificá-las é fazendo raio-x. Contudo, sabemos que para fazer um raio-x é necessário primeiro sentir as dores, o exame precede sempre fortes crises de dores, não há motivos de investigar algo se esta tudo bem.

Publicidade

Como prevenir e tratar e o esporão?

O principal passo é investir em uma alimentação rica em magnésio e demais minerais. Uma boa ideia é consumir diariamente abacate, espinafre, legumes, banana, figo, amêndoa e sementes de gergelim, esses alimentos são ricos em magnésio. Investir em uma dieta alcalina vai ajudar a reduzir a inflamação e evitar o acúmulo de cálcio. Durante as crises de dores, fazer banho quente com cloreto de magnésio ajuda a aliviar. Fazer massagens com óleo de coco é uma alternativa excelente, pois elas aliviam a dor e também evitam a formação do esporão. 

Publicidade

Procure também fazer massagens com óleos medicinais como alecrim, tomilho, sálvia ou lavanda. Eles relaxam a musculatura, aliviam a dor e ajudam também na prevenção de infecções. Outras técnicas de massagens que podem contribuir muito são, massagear os pés com uma bola de tênis.

Em pé, pise na bolinha e faça o movimento para frente e para trás, massageando toda a planta dos pés. Com a ajuda de um curativo, pegue grãos secos de ervilha ou soja e prenda-os na planta dos pés e caminhe pela casa por 10 minutos, essa técnica ajuda muito e previne a formação. 

Importante ressaltar que as dicas e os conselhos desse artigo são meramente informativos, em caso de infecções mais sérias, recomendamos o acompanhamento de um médico especialista e jamais se automedique. Somente o médico terá condições de avaliar o seu caso e então prescrever o melhor tratamento. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Priscilla Rodighiero

Formada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá, amante da escrita e do conhecimento, redatora de profissão, poetiza e escritora, mãe, esposa e serva do Senhor.