in

Estudo aponta que limpar a casa faz tão mal quanto fumar um maço de cigarros por dia

Reprodução/uol

O artigo publicado pelo site Sapo, de Portugal em fevereiro deste ano, revelou que o contato com os produtos utilizados para limpar a casa provoca tantos danos nos pulmões das mulheres quanto fumar 20 cigarros por dia. No entanto, o estudo realizado não constatou o mesmo efeito nos homens.

Publicidade

O artigo ainda informou que para as mulheres, limpar pode representar um risco para a saúde respiratória, a informação foi obtida numa pesquisa realizada pela Universidade de Bergen, na Noruega e que foi publicada no jornal da Sociedade Toráxica Americana.

O estudo foi realizado através da análise dos pulmões de mais de 6.200 pessoas que tenham a média de 20 e 34 anos. As mulheres que faziam limpezas, sendo uma vez por semana na sua própria casa ou em âmbito profissional, apresentavam um declínio ‘acelerado’ na capacidade pulmonar comparável ao consumo de 20 cigarros em um dia no período  de 10 ou 20 anos. Já nos pulmões dos participantes do sexo masculino não foi encontrado qualquer efeito do uso de produtos de limpeza.

Publicidade

De acordo com o os autores do artigo, a utilização dos produtos químicos de limpeza causa a redução da capacidade pulmonar, eles acabam irritando as mucosas que revestem as vias respiratórias e com o tempo acaba tendo alterações permanentes.

Publicidade

Os investigadores acreditam que no caso dos homens que não foram afetados, a resposta está pelo fato que seus pulmões são menos passíveis a esse efeito, e que os pulmões dos homens são mais resistentes aos danos causados por vários agentes, incluindo o cigarro. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade