in

Nem Neymar, nem Mbappé: PSG volta a fracassar e projeto se desmorona

CBS Sports

O Paris Saint-Germain é um dos times mais ricos do mundo, vem gastando milhões e milhões de euros em reforços, mas a verdade é que ainda está longe de se tornar um gigante europeu. Tudo indica que a equipe de Tuchel vai ganhar novamente a liga francesa e, esse ano, ainda com maior facilidade, mas na Champions, o time nem das oitavas de final vai passar. 

Publicidade

PSG eliminado da Champions

É mais uma prova dececionante de um time milionário e que, ainda para mais, parecia estar em grande vantagem. Apesar de seu adversário ser um histórico europeu, o Manchester United, poucos imaginariam no que estava para acontecer. Afinal, os franceses, mesmo sem Neymar, conseguiram ganhar por 2 a 0, na Inglaterra. 

Porém, no jogo de volta, em Paris, o time não conseguiu segurar essa vantagem e perante um renovado Manchester, com  muitas baixas, incluindo Pogba ou Lingard, a verdade é que o impensável aconteceu. O Manchester ganhou por 3 a 1 e se classificou para as quartas de final, deixando o PSG, mais uma vez, longe do sonho europeu, apesar de todo o investimento.

Publicidade

As contas do PSG 

Feitas as contas, o PSG já gastou 1,17 bilhão de euros em jogadores e ainda não passou uma única vez pelas quartas de final da Champions. Tudo isso nos últimos oito anos. Claro que o maior destaque vai para os 180 milhões por Mbappé e os 222 milhões por Neymar, mas a verdade é que os gastos já superam um bilhão de euros e o time continua desapontando, ano após ano, na Europa. 

Publicidade

O fracasso do PSG em progredir na Liga dos Campeões não se justifica, com a enorme quantidade de dinheiro gasto em transferências desde 2011, quando essa diretiva do Qatar assumiu o time. Agora, de acordo com as estatísticas da TransferMarkt, o clube francês gastou 1,17 bilhão de euros, mas o projeto está fracassando na Champions, surpreendentemente. 

Publicidade

Com tamanhos gastos e os resultados sem aparecer, ficam muitas dúvidas para o futuro desse projeto. Afinal, jogadores como Mbappé ou Neymar continuam comprometendo suas carreiras em um time que apenas compete pela liga francesa, que até já virou passeio. Com essa derrota, é quase certo que os dois jogadores não vão estar na luta pela Bola de Ouro para o melhor jogador. E, no final da temporada, isso poderia pesar para os dois. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade