in

Juventus contra Cristiano Ronaldo por causa do treinador

DNotícias

São dias de reflexão e avaliação na Juventus, quando falta menos de uma semana para que o time viva um momento decisivo na temporada. A equipe de Cristiano Ronaldo vai jogar o tudo por tudo na Champions, no jogo de volta contra o Atlético de Madrid.

Publicidade

Após a derrota por 2 a 0 em Madrid, o time precisa virar a eliminatória para entrar na lista dos oito finalistas da prova, quando começa alguma contestação em redor do time. 

Juventus em dificuldades na Champions

É que a Juve poderia viver o mesmo que o PSG. Os dois times dominam claramente em suas ligas, com muitos pontos de vantagem e quase sem oposição, mas na Champions, as coisas poderiam ser bem diferentes. O PSG já foi eliminado, pelo Manchester United, nessas oitavas de final, e a Juventus vai ter que lutar para não ter o mesmo final que os franceses. 

Publicidade

No meio de toda a contestação, o treinador parece ser o mais apontados de todos. De acordo com a imprensa italiana, Massimiliano Allegri poderia não seguir no final da temporada e já existem algumas possibilidades para suceder ao italiano.

Publicidade

Divisão na Juve por causa de Zidane

Publicidade

O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, já estaria estudando a possibilidade de contratar um novo treinador, segundo o jornal Calcio Mercato. E o presidente estaria seguro que a melhor decisão seria Zinedine Zidane, um treinador com provas dadas no Real Madrid, e uma figura muito querida entre a torcida da Juve.

Porém, na diretiva, ninguém estaria de acordo com Agnelli. os líderes da Juventus não acham que todos gostem dele. Tanto Fabio Paratici, como Pavel Nedved acreditam que a equipe precisa de um perfil diferente de Zidane, um treinador que é visto mais como um motivador de vestiário do que um estratega do jogo. 

Na opinião dos responsáveis da Juve, Pep Guardiola, um regresso de Antonio Conte ou Didier Deschamps seriam os nomes favoritos para sucederem a Allegri. 

Agnelli poderá, ao que tudo indica, contar com o apoio de Cristiano Ronaldo. É que o português também iria adorar trabalhar novamente com Zidane, seu antigo treinador no Real Madrid.

Publicidade
Publicidade