in

Inconformada com mudança, Daniela Mercury quer conversar com Bolsonaro sobre Rouanet

Fotomontagem: UOL/ Veja / Fernando Borges

A cantora Daniela Mercury é um dos nomes mais conhecidas da mídia, mas nessa semana não gostou muito dos anúncios feitos pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Isso porque ele propõe fazer mudanças na Lei Rouanet, uma das leis mais polêmicas do Brasil.

Publicidade

Em uma carta aberta, Daniela Mercury divulgou  que não concorda com algumas questões tratadas por Bolsonaro na Lei Rouanet e que pretende conversar com o presidente, desde que ele queira. 

Segundo a cantora, o objetivo dela é dar uma espécie de aula, com o ‘passo a passo’ da Rouanet. A informação foi dada pelo site ‘O Antagonista’ e ganhou grande repercussão.  Mercury disse ainda que a conversa também teria a presença de sua esposa, que também é empresária da cantora. Há alguns anos a cantora assumiu o seu relacionamento lésbico. 

Publicidade

Após um  tweet de Bolsonaro que mandava indiretas para a cantora, citando a música ‘Está proibido o Carnaval’ , Mercury divulgou a carta, informando que nos últimos 20 anos usou 1 milhão de reais de verba pública — “pouco”, segundo ela — em trios elétricos gratuitos para o público. A cantora também deixa claro que esses eventos gratuitos teriam rendido retorno econômico a Salvador com o turismo.

Publicidade

A artista também continua tentando dar o seu parecer sobre o uso do dinheiro público na cultura do país e que, por vezes, até trabalhou de graça, com o único intuito de levar a arte para o público que não tem condições de pagar para assistir suas apresentações. 

Publicidade

“Em 35 anos de carreira, fiz muitas apresentações de graça no Brasil, bancadas do meu bolso. Essa fake news sobre a lei rouanet criada na eleição não pode continuar sendo usada para desmerecer o trabalho sofrido e suado dos artistas brasileiros”, diz a artista na carta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.