in

Prefeitura causa polêmica com projeto que visa multar usuários de maconha e crack

Hepyness

Enquanto muitas pessoas vêm se mostrando liberais quanto ao uso de maconha nas ruas, a prefeitura de São Paulo planeja multar quem fizer isso.

Publicidade

Quem publicou a informação foi a jornalista Mônica Bergamo, que tem uma coluna no jornal Folha de São Paulo.

Segundo Mônica, a prefeitura enviou um projeto a Câmara pela administração de Bruno Covas (PSDB). O decreto prevê uma multa de R$ 500 para aqueles que forem pegos na rua fumando maconha ou crack.

Publicidade

Mônica relatou que a ideia e uma política municipal das drogas, tratando o assunto da mesma maneira de outras atitudes passíveis de multa, como jogar lixo no chão, fazer xixi em lugares públicos, fumar em ambientes fechados que não tenham autorização ou espaço reservado para o ato.

Publicidade

Medidas drásticas já foram tomadas para combater o uso de drogas

Dois anos atrás, em 2017, quando ainda estava sob a gestão de João Dória, a prefeitura fez o mapeamento de 22 pontos de uso de crack. Operações e medidas foram tomadas para combater o uso das drogas, mas nada adiantou.

Publicidade

Em maio do mesmo ano, a polícia intensificou o emprego da força como única solução para tratar o problema do uso de drogas. Na época, mais de 900 policiais que participaram da operação chegaram a prender 38 pessoas.

Agora, o novo projeto prevê a não utilização da força, mas visa coibir o uso pela população nas ruas. O projeto ainda não foi votado e não tem previsão quando será. O prefeito Bruno Covas não se pronunciou sobre o assunto que vem sendo alvo de muitas críticas nas redes sociais antes mesmo de ser votado pela Câmara.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.