in

Juliana Paes pede preservação da natureza, mas teria usado penas raríssimas: ‘É o rabo do pássaro’

Montagem / Globo / Discovery Channel

A atriz Juliana Paes voltou a desfilar na madrugada desta segunda-feira, 4 de março, na Sapucaí. Rainha de bateria da Acadêmicos do Grande Rio, escola de samba do Rio de Janeiro, a atriz veio representada de Ave do Paraíso.

Publicidade

Durante a transmissão do Carnaval da Globo, diversas vezes, a emissora disse que a cabeça da fantasia de Juliana Paes era feita de penas de uma ave encontrada na Indonésia. Ela seria feita a partir do rabo do pássaro, segundo informações do carnavalesco Milton Cunha. 

Por conta da incoerência, muitos telespectadores ficaram estupefatos e disseram que a atriz, que estará na próxima novela das nove, é a “rainha da hipocrisia”. A seguir, confira alguns tweets sobre o assunto. 

Publicidade

Para passar mensagem de preservação da natureza durante o desfile da Grande Rio, Juliana Paes mandou buscar na Indonésia, penas de uma ave raríssima (Ave do Paraíso) para compor seu adereço de cabeça. Parabéns, menos uma! Qual a lógica disso?”, disse um dos internautas, como pode ser visto na publicação feita acima. 

Publicidade

A hipocrisia da Grande Rio, Juliana Paes rainha de bateria da escola (bateria essa que vem fantasiada de FISCAIS DA NATUREZA) com esse acessório de cabeça feito com essa ave rara da Austronésia, de péssimo gosto!!”, escreveu um internauta. 

Publicidade

Não foram poucos os internautas que criticaram a fantasia da atriz, que desfilou pela escola que, teoricamente, deveria ter sido rebaixada. No Carnaval passado, as escolas fizeram o famoso “tapetão’, salvando a Grande Rio. Neste ano, no lugar de uma escola rebaixada, em compensação, serão duas agremiações. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.