in

Homem decide engravidar a namorada mesmo sabendo que ela têm HIV

DalyMail

O vírus da imunodeficiência humana (HIV) enfraquece e destrói as células do sistema imunológico de seu portador e é mais fácil contrair doenças e infecções que podem levar à morte. Existem diferentes maneiras de se obter o HIV, mas os relacionamentos íntimos são um dos mais frequentes. Se as pessoas com o vírus decidirem ter filhos, há uma alta probabilidade de que elas também sejam portadoras.

Publicidade

Neste caso muito particular, Jay Hart um homem de 32 anos, decidiu ter um filho com sua parceiro, Sasha Goodman, de 30 anos, portadora de HIV. A mulher revelou ao jornal britânico Daily Mail, que seu namorado e filho estão bem de saúde e que não foram infectados pelo vírus.

Sasha nasceu com a doença, já que sua mãe a teve antes de engravidar, mas somente após cinco anos ela foi diagnosticada com HIV. Depois disso, ela sofreu bullying durante toda a sua escolaridade devido a sua condição.  

Publicidade

Por esse motivo, ela optou não tomar a medicação regularmente para controlar a doença.
No entanto, tudo mudou quando ela completou 20 anos, porque nesse mesmo ano sua mãe morreu de AIDS porque ela não tomava medicação regularmente. Depois disso, Goodman decidiu mudar seus hábitos e tomar cuidado para não ter o mesmo destino da sua mãe. 

Publicidade

Alguns anos depois ela conheceu Jay, que não teve nenhum problema com ela mesmo sabendo que ela têm HIV. Mesmo sabendo dos riscos, o casal decidiu ter um filho. Felizmente para ambos, nem o bebê nem o homem estavam infectados. Além disso, Sasha tem um filho mais velho que também não tem a doença. “Isso ocorre porque as pessoas que são submetidas a tratamento efetivo não conseguem transmitir o vírus” , disse um especialista do Daily Mail.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.